Com uma dieta de alimentação crua e viva, você deixará seu forno de férias. A idia por trás deste tipo de alimentação é que o aquecimento dos alimentos destrói os nutrientes e enzimas naturais, o que é ruim, porque as enzimas melhoram a digestão e combatem doenças crônicas. Alguns chegam a extremos de considerar que cozinhar alimentos os torna tóxicos e que uma dieta de alimentos crus pode aliviar dores de cabeça e alergias, aumentar a imunidade e memória, e melhorar a artrite e diabetes.

A dieta de alimentos crus funciona?

Você provavelmente vai perder peso com esta dieta, uma vez que muitos alimentos crus são baixos em calorias, gordura e sódio, sendo ricos em fibras. Você também terá vantagens nutricionais, pois maioria do que você come será rico em vitaminas, minerais, fibras e fitoquímicos. E é verdade que cozinhar pode eliminar vitaminas B e C. Comer muitos vegetais e frutas é bom para você.

Mas há desvantagens. Você tem que ter certeza que você está recebendo o suficiente de proteínas, ferro, cálcio e outras vitaminas e minerais, como a vitamina B12. Como a maioria das pessoas que comem alimentos crus exclui produtos de origem animal, você pode precisar de tomar suplementos vitamínicos para compensar eventuais lacunas na sua dieta. Além disso, cozinhar não é de todo ruim. Ela estimula alguns nutrientes, como o beta-caroteno e licopeno. Ela também mata as bactérias, o que ajuda a evitar a intoxicação alimentar. E não há nenhuma prova de que comer apenas alimentos crus previna doenças.

Ainda cabe lembrar que nenhuma dieta faz milagres se não for acompanhada de perto por profissionais, principalmente se você é vegano ou vegetariano. Eles são necessários para balancear corretamente os nutrientes e alimentos que você deve comer para uma saúde sem problemas.

O que você pode comer e que você não pode em uma dieta crua e viva?

A premissa por trás de uma dieta de alimentos crus é comer apenas alimentos em suas formas naturais.

Orientações para uma dieta viva

A principal diretriz a seguir quando adotando uma dieta de alimentos crus é só comer alimentos o mais próximo de seu estado natural quanto possível. O compromisso com este tipo de alimentação exige que frutas e legumes sejam frescos, puros e livre de aditivos. Dietas de alimentos crus também rejeita, produtos não-orgânicos e qualquer alimento tratado com pesticidas, agrotóxicos ou geneticamente modificados.

Nutrição de alimentos crus

Comer uma dieta rica em frutas e vegetais fornece muitas vitaminas e minerais que seu corpo precisa. A dieta de alimentos crus enfatiza comer vegetais de folhas verdes, frutas açucaradas e alimentos não processados ​​com alto teor de gordura insaturada. Estes alimentos são abundantes na maioria das vitaminas e minerais, bem como antioxidantes benéficos. Equilibre as suas refeições por consumir uma grande variedade de frutas e legumes, bem como grãos integrais não transformados que permanecem crus.

Adaptando a uma dieta de alimentos crus

Uma dieta crua só deve ser iniciada gradualmente, substituindo os alimentos cozidos pelos não cozidos para dar tempo ao seu organismo de se adaptar. (Foto: howtostoyno.altervista.org)

 

Técnicas de preparo da alimentação crua e viva

Germinação. Para grãos e sementes, você deve germina-las para proporcionar uma forma bruta de hidratos de carbono. Como uma dieta de alimentos crus é muitas vezes pobre em vitamina B12, um composto importante encontrado principalmente em produtos de origem animal, tomar um suplemento de vitamina B12 pode ser necessário.

Muita água. A água pura, em conjunto com os alimentos crus e principalmente, grãos e sementes, irá otimizar os nutrientes. Deixe sempre sementes e grãos de molho na água para germinarem e assim, otimizar ainda mais os nutrientes naturais dos alimentos. Deixar legumes e verduras de molho por algumas horas pode ajudar também a amolecer os alimentos, tornando mais fácil ainda sua digestão. Abrindo uma exceção, você pode deixar os alimentos de molho em água morna (até 45º C). Eles não ficaram cozidos, mas facilitaram a digestão, principalmente para quem está começando nesta dieta, tornando a transição mais fácil e gradual.

Temperos e vitaminas. O principal elemento de uma boa técnica de preparo de alimentação crua e viva está na escolha dos temperos. Dependendo da combinação, os gostos dos alimentos crus podem ser facilmente realçados, como quando utilizamos realçadores de sabor, principalmente provindos de algas. Molhos podem ser usados, como molho de soja, mas cabe lembrar que os molhos foram cozidos e “fogem” um pouco da lista padrão da dieta. Nos temperos, você também pode misturar as vitaminas e suplementos que você precisa em sua dieta vegana.

Exemplos de refeições cruas e vivas

Muitos sites fornecem um menu semanal para quem está aderindo à dieta de alimentos crus e você deve criar sua dieta de acordo com as recomendações de um nutricionista. Seu cardápio ficará mais ou menos da seguinte forma:

Café da manhã. Algumas xícaras de melão ou outra fruta rica em açúcar. Considere misturar várias frutas em uma alimentação saudável, smoothie de frutas cruas para fazer-se sentir cheio.

Almoço. Consiste em uma salada de folhas verdes com um molho de salada feita de gordura vegetal crua, tais como abacate, misturado com uma fruta açucarada, como laranja ou limão. Inclua uma ou duas porções de frutas para aumentar o seu nível de energia.

Jantar. Salada com uma mistura de vegetais de folhas verdes. Incluir alimentos ricos em gordura, como abacate, oleaginosas, sementes ou azeitonas para aumentar o valor nutricional de sua salada. Complemente a sua refeição com frutas secas, frutas cítricas ou vegetais crus. Evite bebidas alcoólicas. Beba leite cru ou de soja para nutrientes, uma vez por dia.

Lanches. Saladas de frutas ou saladas de legumes, armazenadas em pequenos potes. Vitaminas ou smoothies, quando feitos com misturas nutritivas e ricas em fibras, podem substituir estas saladas.

Regras da dieta crua e viva

Não coma alimentos cozidos. Alimentos aquecidos a temperaturas acima de 45 graus Celsius não é permitido em uma dieta crua e viva. Para criar produtos “cozidos”, como biscoitos ou pães, ou para alterar as texturas de frutas e legumes, um desidratador é frequentemente utilizado. Você pode também encontrar substitutos naturais. Um exemplo é a famosa fruta pão, que pode ser combinada com cereais para obter os nutrientes presentes nos pães.

Água filtrada ou água destilada. A dieta crua é destinada a alimentar o seu corpo com alimento puro e nutrição que não contenha possíveis toxinas e aditivos encontrados em produtos processados. Para manter o corpo limpo, evite a água da torneira ou filtrada por filtros “baratos” que podem conter contaminantes. A água filtrada ou destilada é a base para muitas refeições, incluindo sucos e smoothies curativos. Ela também é usado para preparar leites de nozes e molhos, além de usada para a germinação de sementes e grãos.

Comprar ou cultivar alimentos orgânicos. O produto orgânico é incentivado em uma dieta crua, pois é cultivado sem pesticidas químicos, herbicidas ou fertilizantes. Quando você come alimentos crus, você está exposto a estas toxinas. Mesmo se você lavar o produto extremamente bem, os pesticidas podem infiltrar-se na polpa do fruto ou legume. Cultivar seus próprios vegetais é a melhor forma de evitar surpresas tóxicas.

Oleaginosas, grãos e sementes. Quando estes são consumidos em uma dieta crua, devem ser hidratados, lavados e escorridos, podendo até serem utilizados para fazer o famoso Rejuvelac. A germinação torna-os mais digeríveis e remove amargura sem assar.

Evitar certos alimentos. Produtos de origem animal, incluindo produtos lácteos e ovos, não são consumidos em uma dieta crua. Use leites de nozes feitos em casa por amassar as oleaginosas com água filtrada e aromatizante. Queijo caseiro também é preparado por imersão de nozes e aromatizantes-los com levedura nutricional. Legumes podem ser desidratado para substituir hambúrgueres ou bacon. Grãos são evitados porque a maioria são torrados antes de serem secos ou devem ser cozidos para ser palatáveis, sendo necessária a germinação destes.

Você já tentou uma dieta crua e viva? Como foi a experiência? Compartilhe nos comentários!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)