Oleaginosas, sementes, grãos e feijão são potenciais bancos de poder nutricional. No entanto, os agentes naturais que os protegem da germinação precoce podem causar estragos em nosso sistema digestivo. A imersão e a germinação replica a germinação, que ativa e multiplica os nutrientes (particularmente as vitaminas A, B e C), neutraliza inibidores enzimáticos e promove o crescimento de enzimas digestivas vitais.

Germinar grãos é muito fácil. O método é exatamente o mesmo para todos os grãos, apenas o tempo necessário é que muda para a germinação completa.

Por favor, note que muitas oleaginosas e sementes “cruas” foram pasteurizadas e irradiadas. Amendoas e amendoins verdadeiramente crus brotarão, mas aqueles que foram pasteurizados e irradiados “ativarão” com imersão, mas não fisicamente “brotarão”. No entanto, a imersão ainda remove anti nutrientes (compostos que podem interferir com a absorção de nutrientes), aumenta a densidade de nutrientes e torna as oleaginosas mais digeríveis.

Como fazer comida germinada?

Coloque em uma tigela de vidro grande ou jarra e cubra com água quente e filtrada em uma proporção de 2 partes de água para cada parte de sementes ou grãos, com cerca de ½ colher de chá de sal. Cubra com um pano leve pelo tempo desejado. Enxague alimentos completamente e esvazie.

Use estes “não brotos” ativados imediatamente para produzir leite à base de plantas. Você também pode cozinhar os grãos embebidos e enxaguados imediatamente, usando-os apenas como os grãos não germinados em qualquer uma das suas receitas favoritas ou como uma base para pratos de vegetais. Observe que a maioria dos grãos embebidos precisam apenas de uma proporção de água e caldo 1:1 para serem cozidos porque já são cheios de água.

Você também pode desidratar em um desidratador de alimentos não superior a 45º C por 12 a 24 horas e armazenar em recipientes de vidro selados na geladeira. Cuidado pois se as oleaginosas não estiverem completamente secas, elas desenvolverão mofo.

Sementes germinadas

Sementes germinadas adicionam uma boa dose de nutrientes à sua dieta e um excelente sabor. (Foto: Eatwell101)

Grãos germinados como brotos

Obtenha um frasco ou jarra de vidro com uma tampa de plástico. Remova a parte média sólida da tampa e corte um pedaço de pano ou malha que consiga colocar dentro da jarra.

Encha um terço do frasco com oleaginosas, sementes, grãos ou feijão, e encha o resto do frasco com água morna e filtrada e cerca de ½ colher de chá de sal. Aperte a tampa com uma tela de tecdo ou uma tela de malha respirável no lugar.

Deixe as sementes em imersão até mostrarem os brotos. Se não aparecerem brotos em 3 dias, a semente, grão, ou oleaginosa está provavelmente pasteurizado, e será apenas germinada nesse prazo.

Remova a inserção de malha da tampa e substitua por uma peça de metal. Despeje a água de imersão da jarra, encha com água fresca, substitua a tampa e enxágue bem, agitando a jarra. Substitua novamente a inserção de metal com a tampa de malha e escoe.

Inverta o jarro e deite em um ângulo para que o ar possa circular, e a água possa escorrer. Permita que se fique na luz.

Repita este processo, de algumas em algumas horas, ou pelo menos duas vezes ao dia. Em 1 a 4 dias, os brotos estarão prontos. Os brotos variam de tamanho. Quando estiver pronto, enxágue bem os rebentos, drene e guarde em uma jarra (com a parte sólida da tampa substituída) na geladeira.

Consuma dentro de 2 a 3 dias. Os brotos são uma adição fabulosa e rica em nutrientes para saladas cruas, sanduíches e molhos, e também são saborosos em smoothies, sopas e guisados.

Como germinar grãos: os cuidados

Os brotos podem estar sujeitos a contaminação que pode resultar em crescimento bacteriano como E. coli, levando a doenças transmitidas por alimentos. Sempre compre produtos frescos orgânicos de uma fonte respeitável, lave bem as mãos antes de manusear os alimentos e mantenha o equipamento de brotação e todas as superfícies da cozinha limpas para evitar a contaminação cruzada. Sempre consumir brotos dentro de alguns dias, frescos e diretamente da geladeira. Algumas organizações de saúde também recomendam consumi-los cozidos para reduzir o risco de infecção. Decida o que é uma escolha responsável para você e sua família.

Sua alimentação com brotos é gostosa? Quais receitas gosta de fazer?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)