Eu não sou um profissional especialista em nutrição. Muito menos um médico que possa especificar com estudos e pesquisas quais são os problemas de saúde mais comuns a um vegan. Mas o senso comum e uma rápida navegada pela internet deixaram claros alguns problemas comuns para os iniciantes na vida vegana.

A dieta vegan é muito saudável se for administrada de forma apropriada. Os produtos lácteos e a carne estão ligados a muitas doenças. Se você quer ser um vegano saudável, tenha certeza de cortar as junk foods de seu cardápio. A batata frita que você tanto gosta não vem de animais mas quando você faz dela seu café da manhã, almoço e jantar, pode ter certeza de que haverá um problema. O abuso do arroz nas suas receitas com certeza não será saudável.

Aliás, todo tipo de alimento refinado te rouba nutrientes que são facilmente adquiridos no consumo de alimentos integrais. A pirâmide alimentar vegan deve ser como uma bíblia para sua alimentação. E não porque você deve ser radical mas porque você deve se preocupar muito com sua dieta. Deu pra perceber aqui que o consumo de grãos integrais é uma necessidade para todo vegan. Você pode pesquisá-los na internet.

Cardápio colorido

Um dos desafios para os veganos de primeira viagem: fazer refeições coloridas e ricas em vitaminas e nutrientes essenciais. (Foto: vincesmarket.ca)

No começo, esse consumo vai ser um pouco mais difícil, devido aos seus costumes alimentares. Mas é melhor fazer um esforço a mais do que ter uma deficiência vitamínica pesada que pode causar sérios problemas de saúde em sua vida, prejudicando todos os seus planos em se tornar um vegan.

Um outro costume que os iniciantes deixam de lado, mais por causa da preguiça, é o consumo de frutas e legumes frescos. Eles contém nutrientes que compensarão a ausência da carne em sua dieta. Azeite de oliva e o tofu são bons acompanhamentos para receitas veganas, dando um toque especial junto aos nutrientes que você tanto precisa.

Você precisa variar bem sua dieta, não comendo os mesmos alimentos. Combine grãos e legumes, buscando tirar o máximo de cada refeição. Em alguns casos, você irá precisar de algum suplemento vitamínico, dependendo de seu metabolismo e as indicações de seu nutricionista ou médico.

Aliás, a consulta médica ou com o nutricionista devem fazer parte de sua rotina semestral. Bimestral nos primeiros meses da alimentação vegana. Os riscos de uma anemia e as deficiências vitamínicas são muitos para você lidar com isso de forma leviana, como se nada demais estivesse acontecendo.

Se tornar vegan traz muito benefícios mas é muito difícil no começo. Não desista, mas esteja consciente dos obstáculos que irá enfrentar e escape dos erros comuns de principiantes, acelerando o processo rumo a uma vida saudável e sem derivados de animais.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)