Você está curioso sobre a dieta vegana ser saudável ou não? Saiba mais sobre os perigos da dieta vegana, bem como as ramificações desta dieta em todo o seu corpo. Conhecendo esses riscos e problemas de saúde mais comuns é fácil traçar uma estratégia que vise fugir dos problemas mais comuns de saúde que acontecem com quem tem uma dieta estritamente vegana.

Riscos da dieta vegana: nenhum povo cresceu em uma dieta estritamente vegana

A sabedoria dietética daqueles que vieram antes de você é uma das melhores maneiras de aprender sobre a saúde. Os comportamentos dietéticos e as consequências de várias práticas dietéticas encontraram uma ligação entre uma dieta baixa em alimentos de origem animal (baixa quantidade de vitaminas solúveis em água) e cáries dentárias. Por isso, é bom lembrar que nenhum poco cresceu de uma dieta estritamente vegana, e os povos que comiam menos proteínas animais eram mais propensos a problemas dentários.

Veganismo faz mal se for uma opção para quem tem intolerância a certos alimentos

A intolerância a certos alimentos não significa que haja um problema com esse grupo de alimentos em particular, mas isso indica desequilíbrios dentro do corpo, o que pode resultar em uma função digestiva mais fraca (como metabolismo lento e função tireoidiana lenta). Algumas pessoas tendem a gravitar em direção a uma dieta vegana porque os alimentos incluídos são “mais fáceis” de digerir devido ao suco digestivo prejudicado. Eliminar esses “alimentos problemáticos” de forma completa e permanente apenas evita o problema, em vez de chegar a raiz da questão, não vai trabalhar para reequilibrar o corpo para recuperar a tolerância de uma grande variedade de alimentos. E assim, a dieta vegana está fadada ao fracasso.

Problemas de saúde de veganos

A saúde vegana pode ter alguns desafios. Por isso, é importante fazer sua dieta devidamente acompanhado de um nutricionista para obter os melhores resultados. (Foto: Reader’s Digest)

Malefícios do vegetarianismo: baixa variedade

Ter uma lista negra de certos grupos de alimentos interfere no sistema de comunicação do seu corpo, o que faz com que você ignore os desejos colocando certos tipos de alimentos fora dos limites. Qualquer vontade é um bom ponto de partida para a alimentação porque temos vários mecanismos biológicos para corrigir deficiências nutricionais específicas. E ao se tornar vegano, sua variedade de alimentos vai baixar, o que pode resultar em uma deficiência de certos nutrientes.

Os problemas com as proteínas na dieta vegana

Você sabia que existe uma grande diferença na qualidade proteica dos animais em relação às plantas? Uma coisa que acontece na dieta baseada em vegetais tem qualidade cerca de 15 vezes menores do que a proteína de mais alta qualidade. E, por isso, mesmo que uma pessoa pense que eles estão comendo nada além de alimentos ricos em proteínas, feijões e nozes, sua qualidade é tão baixa que seu fígado simplesmente não pode responder à tireoide .

Para contrabalançar isso, as proteínas de plantas processadas (proteína em pó e substitutos da carne) são comuns; contribuindo ainda mais para deficiências nutricionais. De acordo com este estudo recente, veganos e vegetarianos também tem uma menor contagem de esperma e mobilidade dos espermatozoides.

A desintoxicação do fígado é um grande sucesso quando você não obtém proteína de alta qualidade suficiente também. A desintoxicação hepática de fase 2 é conduzida por aminoácidos (os blocos de construção das proteínas). As dietas veganas a longo prazo tendem a prejudicar as vias de desintoxicação do fígado, levando à toxicidade. A própria deficiência de proteína contribui para o dano causado pelas toxinas, uma vez que a capacidade do fígado de desintoxicar depende de uma nutrição adequada, especialmente uma boa proteína.

As vitaminas de alimentos veganos não são “completas”

A vitamina A real, chamada retinol, é encontrada apenas em alimentos provenientes de animais. Os alimentos vegetais contem precursores de vitamina A, como o beta-caroteno, e que requer conversão em vitamina A real pelo fígado e intestino, se as condições estiverem corretas. No entanto, algumas mutações genéticas podem diminuir a capacidade de fazer essa conversão em até 90%. Além de mutações genéticas que podem afetar a capacidade de obter vitamina A real de alimentos vegetais, como cenouras e batatas doces, também existem fatores não genéticos, como má saúde intestinal, baixa função da tireoide, doença hepática e deficiências nutricionais que podem reduzir consideravelmente A capacidade do seu corpo para fazer essa conversão.

Como um pequeno lembrete, a vitamina A é extremamente importante para a função da tireoide, produção de hormônios, fertilidade, sistema imunológico saudável, saúde ocular e no combate à fadiga.

Dietas à base de plantas e os sucos digestivos

A proteína estimula a produção de HCL (ácido clorídrico) em seu estômago para quebrar proteínas. A digestão adequada começa com uma forte produção de ácido estomacal que prepara o cenário para o processo digestivo orientado pelo pH. Sem estimulação regular e saudável de sucos digestivos, sua digestão enfraquece e menos nutrientes podem ser absorvidos pelo seu corpo.

Os dogmas do veganismo podem fazer mal para você

A imersão em qualquer paradigma alimentar pode ser muito poderosa, e a comunidade vegana não é exceção. Ao longo dos anos quando as pessoas vão se tornando veganas e depois parando porque não se sentiam bem com isso, um vegano tende a pensar que essas outras pessoas simplesmente não estão fazendo a dieta direito. Algumas pessoas vão se queixa de falta de libido, falta de ferro, falta de energia, etc. Muitos desses problemas podem ser válidos, mesmo que eles estivessem fazendo uma dieta vegana certa. Talvez demore mais para a dieta vegana sem o devido acompanhamento cobrar um preço na saúde de uns do que outros. Mais provável é que a maioria dos veganos simplesmente não vai admitir isso porque as crenças no veganismo são tão fortes e reafirmadas constantemente pela imersão em tempo integral na cultura vegana compreensivelmente auto-reforçada. Por isso, não se cegue aos sinais do seu corpo se a dieta não estiver funcionando perfeitamente.

Se a dieta vegana não é para você, pode demorar para seu corpo mostrar sinais de não adaptação

Devido à incrível capacidade de adaptação do corpo, o declínio da saúde devido a uma dieta vegana não realizada com o devido acompanhamento médico é geralmente lento e gradual. Isso pode dificultar a detecção. Em primeiro lugar, você pode não notar a falta de nutrientes solúveis que você está recebendo (particularmente retinol e K2) e que uma deficiência de proteína está prejudicando sua saúde. Como seu corpo irá primeiro esgotar suas fontes de energia armazenadas, pode ser muitos meses ou anos até que as deficiências nutricionais causem desintoxicação, problemas de tireoide e/ou desequilíbrio hormonal.

O cuidado com o excesso de soja na dieta

Uma vez que a proteína é escassa quando você evita produtos de origem animal, produtos de soja como edamame, tofu, proteína em pó e tempeh são geralmente as opções dos veganos. A realidade é que a proteína de soja é muito difícil de digerir, causando a supressão da tireoide e estrogênio devido aos fitoestrógenos. Também contém altos níveis de ácido fítico que causam menos assimilação de nutrientes, além de conter inibidores de tripsina que podem interferir com a digestão.

Veganos podem pesar a mão no consumo de oleaginosas

Em um esforço para aumentar a proteína e as calorias alimentares, as oleaginosas são frequentemente adotadas para formar uma parte mais significativa da dieta. Mas há grandes lados negativos para o consumo pesado de oleaginosas. Elas são muito difíceis de quebrar no organismo, especialmente para aqueles com ácido estomacal baixo. Elas também são muito altas em gorduras polinsaturadas, contendo inibidores enzimáticos e ácido fítico que bloqueia a absorção de minerais.

É importante lembrar que nem todo organismo foi feito para uma dieta vegana, e conversar com seu médico é importante para encontrar o melhor equilíbrio possível para sua nutrição, assim como detectar os possíveis problemas cedo.

Você teve algum problema ou desafio na sua dieta vegana? Qual?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)