Animais são usados para os mais diferentes fins atualmente. Desde pesquisas científicas para a cura de doenças até o uso para fins alimentícios. O que poucos sabem é que ainda existem companhias que testam seus produtos em animais e até extraem propriedades ativas deles. Mas por que se importar com isso?

Há algum tempo atrás, surgiram produtos de beleza no mercado com derivados da gordura de baleias. Os efeitos eram tidos como milagrosos e seu consumo era alto. Não dificilmente você ainda encontra tais produtos no mercado. Porque seria importante que você tenha consciência desse produto? Além de ser um derivado animal, a formas como estes são extraídos são, na maior parte das vezes, ilegais. Os barcos pesqueiros desrespeitam os animais e pouco se importam com seu status de preservação, já que o valor do produto vendido compensa qualquer risco.

Estas mesmas empresas que compram tais produtos são as mesmas que contratam trabalho escravo em países de terceiro mundo. Se elas não tem ética para com animais, tenha certeza: também não o terão com os seres humanos. Pense como tratarão o meio ambiente, onde eles despejarão os resíduos industriais e como filtram a poluíção de suas fábricas. É o mesmo ar que você respira e a água que você bebe.

Produtos livres de crueldade

Os produtos vegan são vendidos como produtos livres de crueldade e sem nenhum histórico de testes em animais. O mercado se expande em opções cada vez mais éticas para os consumidores. (Fonte: honestycosmetics.co.uk)

Pedir também para mudar todo seu estoque de maquiagens por causa disso não é legal. Mesmo porque já sabemos que produtos ecologicamente corretos são mais caros, mas resultando em um mundo muito melhor e maior qualidade de vida para aqueles que produziram o que você consumiu e construindo um futuro melhor para a geração de hoje.

Também não é hora de criticar seus amigos todos por causa das escolhas que eles fazem de marcas ou produtos. Um bom começo é mostrar para eles o que está acontecendo por trás dos panos com tudo que eles consomem, mostrando que o mal não é o capitalismo, o consumo, mas sim a forma com que consumimos nossos produtos.

Se colocarmos no papel todos os produtos não ecológicos ao lado dos ecológicos, pesando ambos em uma balança, veremos que fazendo um esforço pequeno conseguimos mudar. A internet e suas vastas opções de informação podem ser o início de pesquisas de produtos mais baratos e fabricados de formas mais corretas.

Testes de cosméticos sendo conduzidos em coelhos

Pesquisando na internet é fácil achar os resultados dos testes de cosméticos em coelhos e outros animais. Aqui, pegamos uma foto mais leve, que mostra os coelhos apenas presos para o início dos testes. A grande maioria é sacrificada logo após os testes devido às sequelas que sofrem. (Fonte: mybeautybunny.com)

Muitos são os sites que disponibilizam a lista de produtos derivados de animais que são colocados nas fórmulas dos produtos de beleza. Tais nomes ficam escondidos pelos nomes químicos e que poucos de nós entende. Existem outros sites que disponibilizam o nome de empresas que utilizam de trabalho escravo em outros países. Quem sabe a melhor opção não esteja em produtos naturais não industrializados?

Devemos consumir, saciar nossa sede de consumo. Isso é importante para manter nossa economia funcionando. Precisamos é aprender a fazer isso conscientes de que a qualidade deste consumo tem uma influência direta em nossas vidas, consciências e futuro. É só dedicar alguns minutos para pesquisar e alguns outros para encontrar os produtos ideais e que combinem com você.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)