Uma pessoa que pode comer qualquer coisa não precisa de muita organização. Ela vai ao supermercado, faz suas compras, vai para casa e, caso seja saudável, se alimenta bem de 3 em 3 horas. Já para um vegan, o processo é um pouco diferente, e é um dos maiores motivos que levam as pessoas a desistirem da vida respeitando os animais.

A primeira coisa que acontece, na maior parte dos casos, é o vegan ir se consultar com um nutricionista que não conhece muito do estilo de vida vegan ou um médico preconceituoso. “Você terá de comer muito mais do que já come” é uma das frases mais repetidas por eles. E quem já é vegetariano ou está em uma vida vegan sabe que isso é uma mentira. O que você precisa para ser um vegan é aprender a se alimentar bem e de forma organizada.

Suas refeições devem ter horários fixos e com alimentos devidamente preparados, de forma a suprir suas necessidades diárias de nutrição. Alguns vegan optam por fazer um calendário semanal de suas refeições, sabendo o que vão comer em cada hora do dia. Outros, preferem listar o que já comeram e o que ainda precisam comer para suprir as necessidades nutricionais diárias.

Uma vez tudo planejado, o vegan deve se dedicar a fazer suas compras consciente dos produtos que não derivam de animais. Esse é outro fator que demandará organização, pois você não poderá simplesmente ir a um supermercado e ir comprando qualquer produto. Além disso, dependendo de onde você for, os preços estarão demasiado caros e você terá que ir fazer suas compras em outros lugares.

Necessidade para ser um vegan saudável

Um vegan saudável precisa ter uma cozinha impecável e uma organização muito bem feita, afim de preparar seus alimentos corretamente e respeitar sua filosofia sem prejudicar seu estilo de vida. (Foto: veg.ca)

Separe um dia da semana para suas compras e um dia, pelo menos, para o preparo de lanches e refeições que possam ser congelados e facilmente aquecidos no microondas. Isso vai te poupar de não ter um alimento apropriado em momentos de necessidade. Feijão e outros grãos também podem ser congelados e aquecidos apenas quando forem ser utilizados. Já verduras e frutas são melhores quando conservadas frescas.

Durante a noite, tente já deixar as verduras do dia seguinte cozidas. Prepare uma agenda para você, sua família e/ou sua empregada preparar os alimentos e quais receitas deverão ser feitas. Varie seu cardápio para você aprender novas receitas e empolgar ainda mais com a vida vegan.

Finalmente, mantenha uma lista de produtos e receitas que você mais gosta. Essa organização, no começo, irá levar algumas horas e pode ser muito chata. Porém, com o tempo, ficará cada vez mais automática e fácil de ser executada, fazendo de sua vida vegan algo mais saudável. Tome cuidado para não tentar também fazer tudo de qualquer jeito. Se tornar um vegan deve ser um processo gradual e que respeite seus limites.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)